Governo do Estado de Santa Catarina
Ouvidoria Doadores
DEINFRA DEPARTAMENTO ESTADUAL DE INFRAESTRUTURA Governo do Estado de Santa Catarina SIE

Artigos e Publicações

Nesta seção são divulgados artigos e publicações relacionados à área de infraestrutura.

A Infraestrutura de Transporte Rodoviário e o Desenvolvimento Social e Econômico de Santa Catarina

10/01/2008

Por suas características geomorfológicas, de desenvolvimento econômico e peculiaridades de ocupação do território, o Estado de Santa Catarina tem suas atividades socioeconômicas fortemente dependentes da infraestrutura de transporte rodoviário.

Essas características levaram o Estado a investir, a partir de 2003, sistemática e continuamente, não somente na implantação e pavimentação de novas rodovias, mas também, e de forma cada vez mais intensiva, na reabilitação de rodovias degradadas pelo uso contínuo, na sua operação e na melhoria das condições de segurança para seus usuários, além dos investimentos na conservação de rotina e cuidados ambientais cada vez mais exigentes.

A política de investimentos em infraestrutura, baseada no programa de DESCENTRALIZAÇÃO das decisões e ações do Governo do Estado, traduz-se em números bastante significativos, implementados na ampliação e qualidade do sistema rodoviário estadual, no projeto de acesso pavimentado a todos os municípios, além de aeroportos, estradas, avenidas e ruas por toda Santa Catarina.

O que realmente impressiona não são as metas físicas alcançadas, mas sim o desenvolvimento social e econômico do Estado, onde o asfalto é a matéria-prima que pavimenta a prosperidade, leva negócios adiante e mantém o catarinense vinculado às suas origens.

As rodovias sustentam o modelo de desenvolvimento catarinense, baseado em pequenas e médias empresas e organizado em polos econômicos e políticos regionais, com características e vocações próprias, em contraponto ao modelo centralizador que originou as caóticas metrópoles. A infraestrutura rodoviária consolida a ocupação equilibrada do território catarinense, permitindo um crescimento descentralizado que fortalece a economia regional. Vale lembrar que a capital, Florianópolis, não é a maior cidade de Santa Catarina e que nenhum município catarinense reúne mais de 10% da população total do Estado.

São as boas condições de acessibilidade a todas as regiões que garantem a boa distribuição dos benefícios do progresso.
Um levantamento sobre o Índice de Desenvolvimento Humano nas 33 Regiões Metropolitanas reconhecidas pelo IBGE, elaborado a partir de uma parceria entre o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e a Fundação João Pinheiro, de Minas Gerais, mostra que as três primeiras Regiões Metropolitanas colocadas no ranking do Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDH-M) ficam em Santa Catarina. Na relação das 100 maiores cidades brasileiras com melhor IDH, 27 – mais de um quarto do total – estão em Santa Catarina.

A infraestrutura de transporte rodoviário implantada e melhorada viabilizou não somente a realização das atividades econômicas de interesse regional e estadual, mas também, e principalmente, a efetiva integração territorial, social e econômica de Santa Catarina como um estado consolidado.

Engenheiro Civil Paulo Roberto Meller
Presidente do DEINFRA

DEINFRA-SC - Departamento Estadual de Infraestrutura
  • Rua Tenente Silveira, 162 - Edifício das Diretorias - Centro
  • Florianópolis - SC - 88010-300
  • +55 48 3251-3000
  • Horário de atendimento ao público:
  • De segunda-feira a sexta-feira, das 13h às 19h
  • www.deinfra.sc.gov.br
  • COMO CHEGAR