Governo do Estado de Santa Catarina
Ouvidoria Doadores
DEINFRA DEPARTAMENTO ESTADUAL DE INFRAESTRUTURA Governo do Estado de Santa Catarina SIE

Notícias

Porto de Itajaí recebe recursos para dragagem do canal

Data de publicação: 2017-01-26

O ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Maurício Quintella Lessa, e o governador Raimundo Colombo participaram nesta quinta-feira, 26, em Itajaí, da assinatura do contrato para dragagem dos acessos aquaviários do Complexo Portuário do Itajaí, com o objetivo de aprofundamento dos canais de acesso e bacia de evolução para 14 metros de profundidade. Serão investidos R$ 38,8 milhões do Governo do Federal, por meio do Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil.

O secretário de Estado da Infraestrutura, Luiz Fernando Cardoso; o presidente do Deinfra, Wanderley Agostini; o secretário de Estado do Turismo, Cultura e Esporte, Leonel Pavan; e o prefeito de Itajaí, Volnei Morastoni, também participaram da cerimônia.

“Queremos que essa região continue desenvolvendo, crescendo e ajudando o país, mas é preciso que esteja atualizada tecnologicamente de tal forma que os navios de grande porte tenham acesso e possam operar normalmente aqui”, disse o governador.


Foto: Jaqueline Noceti/Secom

>>> Acesse a galeria de fotos

Colombo destacou que o desafio é grande para manter o porto e falou das obras em andamento. “Hoje em dia, as embarcações exigem uma estrutura que não estamos oferecendo e, para o futuro, isso será um problema grave. Por isso, estamos com obras de grande volume financeiro em curso para evitar que isso aconteça. As obras liberadas hoje são muito importantes, mas há necessidade, para que as nossas obras continuem, de uma barreira de proteção que o Ministério precisa liberar o quanto antes para que os trabalhos tenham um efeito desejado", disse.

Para o ministro, os recursos já estão garantidos e, em menos de um mês, as obras serão iniciadas. “Hoje assinamos o contrato, e a previsão é que os trabalhos comecem em até 30 dias. Isso é fundamental para alavancar a logística e o desenvolvimento do porto, que perdeu profundidade após as cheias que ocorreram no Vale do Itajaí”, explica.

Com a dragagem, serão retirados do fundo do canal cerca de quatro milhões de metros cúbicos de resíduos decorrentes das fortes chuvas na região em outubro de 2015. Os serviços incluem o aprofundamento de áreas portuárias e a manutenção da profundidade e condições de segurança de navegação para navios de até 306 metros de comprimento, atual capacidade do complexo portuário de Itajaí. O prazo previsto para execução dos serviços de dragagem é de três meses e será realizado pela empresa DTA Engenharia.

“É uma obra importante não só para o porto, mas também para a atividade econômica do Estado de Santa Catarina. Mais de 88% da atividade de exportação dos produtos catarinenses saem daqui do complexo e que estavam impactando nos custos logísticos na ordem de 2%. Com essa diferenciação, voltamos a ser mais competitivos no mercado internacional”, enfatizou o superintendente do Porto de Itajaí, Marcelo Werner Salles.

O Governo do Estado está investindo no Porto de Itajaí cerca de R$ 105 milhões, que vão possibilitar operações com navios de até 335 metros de comprimento e 48 metros de largura. Em uma segunda etapa ainda serão investidos do governo federal mais R$ 25 milhões nos berços para que o complexo receba navios com até 400 metros de comprimento.

O secretário Luiz Fernando Cardoso disse que os investimentos do Estado, que estão em andamento, são essenciais para os Portos de Itajaí e Navegantes e economicamente para Santa Catarina. “São obras importantes tanto com o aumento da dragagem da boca como do canal para que os navios consigam fazer a volta sozinhos sem o auxílio de guias”, salienta.

>>> Ouça o Boletim da Rádio Secom e faça o download

Porto de Itajaí

É o principal porto da região, sendo o segundo maior complexo do país em movimentação de contêineres, atuando como porto de exportação, escoando quase toda a produção do estado. Os principais produtos exportados são madeira, pisos cerâmicos, máquinas, açúcar, papel e fumo, e os principais produtos importados são trigo, produtos químicos, motores, têxteis, papel e pisos cerâmicos.

Está estrategicamente localizado em um dos principais entroncamentos rodoviários do Sul do Brasil, distante poucos quilômetros das rodovias BR-101 e BR-470. A posição geográfica o coloca no centro da região Sul, englobando, no raio de 600 quilômetros, as capitais de Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Paraná e São Paulo.

Em 2016, foram movimentados no complexo 1,1 milhão de TEUs (unidade de medida referente a um contêiner de 20 pés), registrando 12% de aumento em relação ao ano anterior.

Informações adicionais para a imprensa:
Rafael Vieira de Araújo
Assessoria de Imprensa
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: rafael@secom.sc.gov.br
Telefone: (48) 3665-3005 / 99116-8992
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC


DEINFRA-SC - Departamento Estadual de Infraestrutura
  • Rua Tenente Silveira, 162 - Edifício das Diretorias - Centro
  • Florianópolis - SC - 88010-300
  • +55 48 3251-3000
  • www.deinfra.sc.gov.br
  • COMO CHEGAR